+55 (31) 3657-5060 / site@outravisao.com.br

Casa do Vinho – Famiglia Martini sugere vinhos para a Semana Santa e Páscoa

São 7 rótulos que realçam o sabor do bacalhau e 3 que tornam o chocolate ainda mais gostoso

Belo Horizonte, Março, 2013 – Faz parte da tradição da Semana Santa reuniões com a família e amigos e comer peixes, principalmente o bacalhau e o chocolate. Tendo em vista este delicioso costume, a Casa do Vinho – Famiglia Martini sugere alguns vinhos que proporcionam uma combinação bem feita com estes ingredientes, para realçar as sensações.

“A sinergia é a parte mais sofisticada da harmonização e quando conseguimos alcançá-la, a comida fica ainda mais saborosa e o vinho mais gostoso. O prato realça o vinho. O vinho realça o prato. Todos saem ganhando”, comenta a proprietária da Casa do Vinho, Luiza Martini. Luiza explica que a harmonização com o bacalhau é controversa. “Em princípio, aceita vinhos brancos, rosés e tintos, desde que bem escolhidos. Uma dica para não errar é respeitar alguns dos princípios da adaptação cruzada: o sabor salgado acentua o amargor, assim, sal e tanino são antagônicos. Por isso, fuja dos tintos muito jovens e tânicos”, revela.

Sobre a harmonização de vinhos com chocolates, Luiza lembra uma curiosidade: a semente do cacau e o vinho são fermentados com o mesmo tipo de levedura. “Não é a toa que ambos têm tantos admirados em comum”, justifica. Harmonização de vinho com chocolate é sempre controversa e nem sempre funcionam, mas quando dão certo são sempre grandes experiências sensoriais. Alguns vinhos são mais certeiros, como os fortificados, outros são inusitados. De qualquer forma, é questão de gosto.

Vinho de cereja

Para os chocolates, Luiza destaca também o “Visciole, um vinho que leva licor de cereja, apaixonante, intrigante e tentador”. Ela explica que no passado, o vinho de cereja ácida era usado para deixar mais prazerosos os vinhos robustos e tânicos. Posteriormente este vinho foi considerado como um vinho feminino, com seu aroma, maciez e redondeza. Hoje é considerado como um vinho de meditação, para ser saboreado na companhia de alguém, redescobrindo gostos perdidos. Este vinho também é chamado de visciolato ou, mais freqüentemente, vino di visciole. A tradição da região do Marche de aromatizar vinho é antiga, existe desde a idade média. O ingrediente básico para vino di visciole é cereja ácida (visciola), uma espécie de cereja selvagem antiga (Prunus cerasus), de cor vermelho escuro e ligeiramente ácida.

Com base na receita tradicional, cerejas ácidas são colhidas e deixadas de molho no açúcar, em parte inteiras e outra parte esmagadas. Este produto é então decantado por alguns dias e finalmente filtrado, resultando num xarope com uma alta concentração de açúcar, que é então misturado com vinho. Isso desencadeia um processo de refermentação, combinando as duas identidades diferentes (vinho e calda). A fermentação para quando um teor alcoólico atinge 14% e o açúcar residual torna este produto extremamente agradável.

Confira mais detalhes dos vinhos sugeridos pela Casa do Vinho – Famiglia Martini, para acompanhar bacalhau e chocolate.

Para acompanhar o bacalhau:

Apollonio Laicale – Itália – (R$ 52,00) – Branco exótico e encorpado, com 12 meses em barricas de carvalho. Delicioso, principalmente se for para acompanhar bacalhau em postas largas, regado com azeite e acompanhado de batatas.  Fermentado em carvalho e envelhecido 12 meses em barricas francesas. Cor de amarela com reflexos dourados. Aroma frutado e intenso; sabor diferenciado com toques de especiarias e baunilha. Vinho branco com alma de tinto.

Demougeot Bourgogne Vieille Vignes 2008 – França – (R$76,00) – Tinto macio, sem taninos (o que evita o resultado com um gosto metalizado).  Produzido com a uva Pinot Noir.

Château Camplazens La Reserve 2009 – França – (R$ 68,00) – Acompanha muito bem o bacalhau brandade. Mais frutado, menos tânico.

Nino Negri Grumello 2008 – Itália- (R$69,00) – Ideal para ser degustado com um bacalhau mais sofisticado, que utiliza azeite trufado na finalização. Nebiollo aromático, elegante e bem equilibrado sem taninos agressivos. Vinho sedutor, aveludado com aromas de violetas secas, morango e amêndoas. Na boca, seco, quente e macio.

Quinta do Tedo Douro 2007 – Portugal – (R$ 45,00) – Ótimo com bacalhau desfiado. Tinto português macio. Vinho artesanal feito com as uvas touriga nacional, tinta roriz e touriga franca. Com vinificação no tradicional lagar com pisa a pé, passa 12 meses em barricas de carvalho francês com um ano de uso. De cor violeta profunda, tem boa complexidade aromática. No nariz, apresenta amora, groselha preta, baunilha, pão tostado e casca de laranja e, na boca, é equilibrado, com bom corpo e boa densidade, maduro e frutado, com final longo e persistente.

Velenosi Rêve – (R$ 98,00) – sugestão interessante para o bacalhau com natas. Branco equilibrado, intenso, fresco, crocante, gordo, mas com certa mineralidade. Uma madeira discreta cai bem. Para quem quer uma opção mais refinada. Vinho de grande estrutura e voluptuosidade, penetrante e muito persistente.

Rives Blanques Odyssée – (R$ 78,00) – Bom para quem prefere um vinho branco reserva. O estágio em barricas de carvalho confere mais untuosidade ao vinho, deixando-o mais gordo na boca e com leve tostado. Maduro, amanteigado e jovem, com algumas frutas frescas. O carvalho é bem integrado e sutil. Um branco deslumbrante, com excelente equilíbrio e varias camadas de aromas e sabores. Uma nota expressiva de flor branca, maçã vermelha madura e nectarina. O paladar de médio corpo é ligeiramente cremoso com toques de tostado, especiarias doces e com sabor de amêndoas no retrogosto.

Para acompanhar chocolate:

Emina Oxto D.O – Espanha –  (R$ 65,00) – Vinho Oporto. Região: Ribera del Duero/Espanha – Uva: Tempranillo. Fortificado na região do Douro espanhol. Cor: cardeal escuro com tons castanhos. Nariz intenso e profundo com aromas de geléia de frutas maduras como amora, framboesa, figos e cerejas passificadas. Complexos toques de tabaco e frutas secas destacando amêndoas e avelã tostada. Na boca destaca-se o equilíbrio de sabores de cerejas passas com taninos próprios da tempranillo. Final longo e elegante. Como os melhores vinhos do Porto, além de acompanhar uma saborosa mousse de chocolate, também combina com doces, frutas secas, alguns queijos e um bom charuto.

Barbeito Reserva Malvasia – 5 anos – Doce – Portugal – (R$ 65,00) Região: Madeira/Portugal. Uva: 100% Malvasia. Vinho envelhecido em carvalho por 5 a 7 anos pelo método de canteiro. Harmoniza com queijos azuis e sobremesas a base de caramelo e chocolate.

Velenosi Visciole – Itália – (R$ 83,00) Região: Marche/Itália. Uva: Lacrima di Morro d’Alba + licor de cerejas ácidas. Bouquet intensamente prazeroso. Sensuais e persistentes morangos, framboesa, frutos silvestres maduros, aromas de compotas, pêssego e pêra madura. Muito macio na boca, altamente persistente sem perder o frescor. Fascinante, bom corpo, bom sabor e acidez, bem equilibrado. Estimula seu paladar, notas de frutos silvestres frescos e maduros, flores, mirtilo, cerejas. Imperdível quando acompanhado de chocolate com cereja e bombons em geral.

Sobre a Casa do Vinho – Famiglia Martini

A Casa do Vinho, fundada em 1947, está na terceira geração de gestão familiar. Os Martini são de origem italiana e sua ligação com o vinho e alimentos finos é histórica. A importadora dedica-se à arte de buscar vinhos singulares e expressivos pelo mundo, degustando in loco cada safra – prova de respeito e cumplicidade com o produtor. A adega da Casa do Vinho – Famiglia Martini conta com um grande estoque de vinhos italianos, franceses, espanhóis, portugueses e também do Novo Mundo. Ao todo, são cerca de 500 opções, sendo que, no Brasil, 95% destes rótulos são comercializados com exclusividade na Casa.

Serviços – Casa do Vinho – Famiglia Martini – www.casadovinho.com.br

Loja Barro Preto – Av. Bias Fortes, 1543 – Barro Preto – Belo Horizonte (MG) – Tel: (31) 3337-7177 – Horário de funcionamento: de segunda à sexta-feira de 9h às 19h; aos sábados de 9h às 14h. Estacionamento gratuito com entrada pela rua Goitacazes, 1020, ao lado da loja.

Loja Mangabeiras – Av. Bandeirantes, 504 – Mangabeiras – Tel: (31) 3286-7891 – Horário de funcionamento: de segunda à sexta-feira de 10h às 20h; aos sábados de 10h às 14h – Estacionamento gratuito na frente da loja.

Blog: http://blogdacasadovinho.blogspot.com

Facebook: www.facebook.com/casadovinhobh

Site: www.casadovinho.com.br

Contatos para a Imprensa – Outra Visão Comunicação

Raquel Aguirre – (31) 9203-0205

Paulo Cunha – (31) 9275-2887

Outra Visão Comunicação – (31) 3657-5060 – www.outravisao.com.br


Compartilhe:

Rua Alberto Cintra, 210 - Ed. Versatti CEP 31160 -370

+55 (31) 3657-5060

site@outravisao.com.br